quarta-feira, 7 de dezembro de 2016

Canadá Legalize? Nem tanto...

Uma notícia que fez as manchetes de alguns jornais e sites neste ano de 2016, foi a de que a ministra da saúde do Canadá anunciou que o país irá legalizar a Maconha para fins recreativos na primavera do próximo ano, 2017.

Você pode ler a notícia (em inglês) aqui: http://www.cbc.ca/news/politics/philpott-un-marijuana-legislation-legalize-1.3544554



Eu fiquei super empolgado, afinal, morando no Canadá (apesar de não votar ainda) acompanhei de perto a vitória espaçosa dos Liberais, contra os Conservadores que estavam no poder a cerca de uma década!

Empolgado porque o então governo conservador, abertamente contra a Maconha e seus usuários, seguia à risca o "manual proibicionista Norte Americano", estava prestes a cair.

Este mesmo estilo de governo ao qual o leitor já deve estar acostumado, pois é também seguido religiosamente pelos governos dos países de terceiro mundo, especialmente na América Latina...

Sempre leio sites e blogs brasileiros e notei a mesma "sensação de alegria", compartilhada em vários comentários e sites especializados. Sigo também, sites de ativistas canadenses, e com o tempo, fui percebendo que nem tudo eram flores (menos ainda flores de Cannabis)!

Vou explicar:

O governo anunciou que irá introduzir legislação para regulamentar o consumo de maconha. E o que há de mal nisso? Veja bem, legislação por si só, não quer dizer nada. Qual tipo de lei será implementada? Muitos ativistas cogitam que as leis a serem apresentadas em meados de Abril do ano que vem, virão a tornar as coisas mais difíceis para os usuários recreativos da erva.

Eles (ativistas) têm argumentos bastantes convincentes para este cenário nada legal (literalmente). Alguns pontos observados:

  • Durante este primeiro ano de governo Liberal, a repressão aos usuários de Maconha e aos chamados "dispensários" (mais sobre eles em um post futuro), tem se intensificado! Ou seja, mais repressão do que durante o governo Conservador.
  • O governo já deixou claro que as novas leis visam restringir o acesso à maconha. E nunca falam nada sobre o usuário recreativo. Atitude clara de quem "tira o corpo fora", para não evitar confrontos e/ou falar abertamente o que tem em mente.
  • Algumas pessoas (políticos, membros da polícia e cientistas) foram nominadas para formar um "painél" que irá propor as novas leis. Parece ótimo mas:
    • nenhum representante da "comunidade canábica" foi convidado - nem para opinar.
    • todos os membros do painél são "reaças de carteirinha".
    • um dos membros do painél, é o ex-chefe de polícia de Toronto - conhecido por ser um baita reaça, e já falou que vai "descer o pau" em maconheiro.
  • Em entrevistas recentes, o novo Primeiro Ministro têm falado que a polícia tem que fazer valer a lei vigente (proibição) e fechar os dispensários e endurecer a repressão. Bem contrário do seu tom durante o período de eleições, onde ele pregava exatamento o contrário.

Bem, estes são os pontos principais que vêm me desmotivando bastante em relação a nova legislação a ser introduzida ano que vem. Ao que tudo indica (espero sinceramente estar errado), veremos uma Proibição 2.0 por aqui.

Por outro lado, o povo canadense é bastante ligado em seus direitos e adoram fazer prostestos em forma de "quebrar a lei pacificamente". Um caso clássico é a dos já mencionados "Dispensários", que são nada mais do que lojinhas que vendem Maconha. Começaram a operar no Oeste (região de Vancouver), e após anúncio de que o governo iria legalizar a erva, os mesmos se multiplicaram por todo o território nacional.

Irei abordar o tema em um post futuro, talvez gravarei um vídeo sobre como funciona. Parece uma boa idéia.


Até a próxima! Aguardo seus comentários!

Sobre o Blog

Olá, seja bem-vindo ao blog PapoTabu.

Acho que o nome do blog é auto-explicativo, sendo que (especialmente no Brasil) o assunto Maconha é bastante polêmico. Eu, pessoalmente, acho que não deveria ser assim.

Claro que temos outros assuntos "polêmicos", considerados Tabus pela nossa sociedade como os assuntos mais recentes sobre aborto e política, mas neste blog focarei apenas no assunto que me interessa mais: MACONHA!

Sempre acompanho as notícias relacionadas ao tema Maconha, e não raramente fico chocado com como o tema é tratado tanto na mídia como em conversas entre amigos e familiares. Ao meu ver esta reação é 100% cultural, e não consigo entender porque o Brasileiro tem tanta dificuldade em entender uma planta tão útil e sagrada como a Cannabis Sativa. Logo, resolvi "investir" um pouco do meu tempo livre para expor algumas de minhas idéias e pensamentos a respeito do tema.
Quem sabe ajudo a desmistificar este assunto, que seja um pouco apenas? Ficarei feliz!

Os posts publicados neste blog são todos de minha autoria, e representam a minha opinião sobre o assunto tratado, comentando alguma notícia ou fato acontecido recentemente. Tanto no Brasil como em outros países - especial atenção ao Canadá, país onde resido.

Espero através deste blog, iniciar e fomentar discussões com os leitores deste blog, contando que sejamos todos respeitosos com os demais. Não tolero nem aprecio atitudes ditas "ditatoriais" ou a censura, mas me dou o direito de apagar quaisquer comentários que sejam ofensivos a mim ou outro leitor(a).

Ah, vale lembrar que este não é um blog sobre a "cultura canábica". Não é um blog voltado aos "maconheiros" apenas. Espero contar com opiniões diversas, e que possamos evoluir nossas idéias juntos.

Por fim, desculpe pelo layout "tosco", quem quiser contribuir, fique a vontade! 

Obrigado a todos.
Admin, PapoTabu.